Dribla, corre, chuta, cabeceia, usa a força e faz gol. Colocação indescritível dentro da grande área, muitas vezes recebendo cruzamento estando sozinho entre os zagueiros. Finalização mortal, seja rasteira ou cabeceio. Diferenciando de muitos centroavantes, o atleta se torna especial nos dribles curtos e pode carregar um contra-ataque com sua habilidade.

Após uma breve passagem pela base do América-MG, o atleta chegou às categorias de base do rubro negro com 16 anos. Com apenas 19, conseguiu uma vaga na equipe profissional do Flamengo este ano, após ser campeão e vice-artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior com sete gols pela equipe rubro-negra. Se destacou demais, e, ao começar a se destacar pela equipe principal, lhe foi dada uma grande missão: substituir à altura Paolo Guerrero, que, em má fase, foi convocado pela seleção peruana à Copa América. O atacante da base vem realizando esta tarefa com excelência, mostrando grande futebol e chamando atenção de times e torcedores por todo o país.

Felipe Vizeu com troféu e medalha da Copinha

Felipe Vizeu com troféu e medalha da Copinha

Atualmente no Brasileirão o atleta tem dois gols em quatro jogos. Disputou ainda alguns jogos pelo Carioca, a maioria saindo da reserva, campeonato que marcou três gols.

About The Author

Torcedor de Santos e Spurs. Apaixonado por Brasileirão e Premier League. Tem o sonho de estudar e trabalhar com o melhor esporte já criado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.