Após três longas semanas sem jogar, o Palmeiras voltou a atuar pelo campeonato brasileiro. Nenhum torcedor gosta de ficar todo esse tempo sem olhar um jogo do seu time, mas o palmeirense pode acreditar que muitas coisas positivas foram feitas nessas “férias” forçadas. Em uma espécie de pré-temporada, no entanto, no meio do ano, o técnico Cuca pôde trabalhar com calma seu elenco, o qual foi modificado com trocas, dispensas e contratações. Além disso, houve um treinamento intensivo na parte física e tática que já foi possível perceber na partida de estreia do Brasileirão.

O lateral Tchê Tchê, destaque do Audax, fez sua estreia pelo Palmeiras (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

O lateral Tchê Tchê, destaque do Audax, fez sua estreia pelo Palmeiras (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

O jogo foi contra o Atlético-PR, campeão paranaense deste ano, contudo, em uma partida tranquila o Palmeiras venceu por 4×0. Esse resultado foi o melhor da 1ª rodada. Outro quesito que o Verdão saiu na frente dos outros times foi o público que compareceu no Allianz Parque: 33.629 pagantes.

Mudanças foram feitas na equipe titular do Palmeiras. Cleiton Xavier, por exemplo, que havia voltado há pouco tempo de lesão e tinha disputado apenas poucos minutos dos últimos jogos, foi o principal destaque do time na vitória contra os paranaenses, pois o meio campista teve participação decisiva em três dos quatro gols e deu ao time um toque de bola rápido e preciso. Róger Guedes e Gabriel Jesus infernizaram a zaga do Atlético-PR e mostraram a principal jogada palmeirense treinada por Cuca nesse período sem jogos, a qual consiste em triangulações rápidas e a exploração da velocidade dos dois atletas que atuam pelas pontas. O resultado foi três gols com a participação de Guedes e Jesus.

O camisa 10 palmeirense deu duas assistências na partida contra o Atlético-PR (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

O camisa 10 palmeirense deu duas assistências na partida contra o Atlético-PR (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

O técnico Cuca, em entrevista, afirmou que o Palmeiras será campeão brasileiro em 2016. É apenas o começo do campeonato, mas a confiança na conquista de um título que o clube não vence desde 1994 é muito grande. Há vários motivos para acreditar no trabalho desse grupo que ainda está se reforçando e treinando duro para conquistar seus objetivos.

About The Author

Leave a Reply

Your email address will not be published.