Mohamed Naser Elsayed Elneny, ou apenas Elneny, é um meio campista egípcio que atua no Arsenal. Com 23 anos, acumula passagens pelo El-Mokawloon, equipe de pouco prestígio em seu país natal, clube que jogou dos 18 aos 21 anos; Basel, da Suíça, onde foi descoberto pelo mundo; e, agora na equipe vermelha de Londres, quando, no início de 2016, foi vendido aos 23 anos por um preço de €12,5 mi. Mesmo sendo novo, o atleta já acumula 42 partidas e 3 gols pela seleção profissional do Egito.

O meio campista tem um estilo passador, podendo jogar como primeiro volante ajudando na criação e na marcação, ou então mais avançado, onde costuma trocar passes na velocidade criando opções ou até abrindo na ponta e cruzando para a área. Venceu três ligas e foi três vezes vice-campeão da copa suíça com o Basel, já chegando em quarta e semi-finais da Europa League.

Elneny (à direita) disputando um lance com Carroll (Foto: Divulgação/Arsenal)

Dadas as devidas circunstâncias e diferenças, seu dever é dar seguimento a seu tipo de estilo de jogo, escasso hoje em dia. No meu ponto de vista, este estilo seria como o de Schweinsteiger, possuindo boas trocas de passes no campo de defesa, bom drible curto, grande posicionamento no ataque criando opções e uma grande visão, dando ótimos passes rasteiros e até alguns lançamentos elevados. Não é um meio-campista fixo entre os defensores, como Xavi Hernández e Xabi Alonso, e nem apresenta tantos lançamentos elevados como estes, em contraposição ele avança entre os adversários e procura um passe mais curto e uma visão mais próxima do gol. É um jogador perfeito para o Arsenal, que sempre preza pelo toque de bola rápido, compacto, criativo, buscando o melhor posicionamento e uma finalização o mais perto do gol adversário possível.

Elneny marcando seu primeiro tento pelo clube

Elneny marcando seu primeiro tento pelo clube

Agora em sua nova equipe, após um breve tempo entre os substitutos, ganhou a titularidade e já foi eleito o melhor jogador do time em março, jogando no meio ao lado de Coquelin. Chegou ao seu primeiro gol com a camisa vermelha e branca na volta das quartas de final contra o Barcelona, num jogo perdido por 3-1 (e disputa perdida por 5-1 no agregado). OLHO NELE!

About The Author

Torcedor de Santos e Spurs. Apaixonado por Brasileirão e Premier League. Tem o sonho de estudar e trabalhar com o melhor esporte já criado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.