globoesporte

Foto:Globoesporte

Minha paciência tá acabando, vai vendo.

Sério, eu não sei se alguém lê o blog do Mengão aqui(algum fdp deve ler, não é possível),mas que acompanha sabe que estou sendo paciente pra caramba. É inicio de trabalho, de ano, de vida, de treinador, de alguns jogadores, de tudo. Tá, eu entendo. Mas perder do Confiança e empatar com o Flu é pedir parar tirar qualquer um do sério.

Relacionado a Copa do Brasil, todo respeito ao Confiança, time de tradição e raça. O que não dá o direito de voltar das minhas bandas(Sim, sou nordestino!) com uma derrota da forma que foi. O adversário jogou a partida inteira com um a menos, se preocupou apenas em defender e levar o jogo para o RJ. Tirando a expulsão, alguma dúvida que isso iria acontecer? Não se prepararam para isso? Ninguém jogou nada, ponto, não se fala mais disso. Que se resolva no jogo da volta.

No Fla – Flu eu esperava um comportamento diferente. Diante de uma derrota inesperada, o clima festivo do jogo e o time jogando junto a um certo tempo, fiquei animado com a possibilidade de um relampeio de um bom futebol.

Decepção total, absoluta e amarga. Emerson Sheik não quer mais jogar com ninguém. Guerreiro até briga, mas sem receber bons passes, coitado não consegue fazer nada. Ederson oscila como um jogador voltando de contusão oscila. A única coisa boa foi Juan, moralizando a zaga. O resto, nem tenho o que falar. O adversário também não foi lá essas coisas, o time do Flu não deu liga, vai dar trabalho de arrumar.

Essa história de cansaço não cola comigo porque é a solução é simples: CADÊ O RODIZIO MURICY? Botava os reservas no clássico que não valeu ABSOLUTAMENTE NADA, talvez até conseguisse a vitória, na moral.

Ou indo mais além, porque não descansou os caras contra o Madureira? Botava os titulares descansados para jogar no Nordeste, dava uma folga para eles e mandava os reservas para São Paulo ué. Então não me vem com esse papinho de cansaço. Cansado tá o trabalhador que não tem como se poupar durante a semana, pega dois busão na ida e na volta e no final de semana ainda joga aquela peladinha com a galera do bairro. E corre mais do que todo mundo que vestiu rubro-negro no gramado do Pacaembu.

A massa em geral tem sido paciente caro Muriçoca. Geral sabe que tu trabalha legal. Cabe ao senhor ter firmeza no trabalho, bancar o rodízio que o Sr. mesmo citou e mostrar resultado. Uma hora a paciência acaba.

 

About The Author

Alagoano, Flamenguista desde que vi a camisa onze do Romário. Apaixonado pelo Rio, vivo no Maracanã. Goleiro nas peladas da vida, apreciador do Futebol e do que ele causa ao seu redor. Provavelmente me encontrará na Lapa tomando um chopinho.

Leave a Reply

Your email address will not be published.