Conhecida por ser uma seleção de jogadores naturalizados, os Fenecos, mais conhecida como seleção da Argélia, vem em ascensão no futebol. Participou e foi uma das surpresas da última Copa do Mundo, em 2014.

Provocação de Slimani no empate contra a Rússia

Provocação de Slimani no empate contra a Rússia

Na fase de grupos da Copa, a equipe enfrentou Bélgica, onde vencia por 1 a 0 até o final do jogo. O meia belga, Fellaini, entrou em campo e decidiu, suando para virar a partida para 2 a 1. No jogo seguinte, a equipe enfrentou a fraquíssima Coreia do Sul, onde aplicou uma fácil vitória por 4 a 2, ficando a um empate com a Rússia para sua classificação. Na última partida, a equipe fez o suficiente e empatou em 1 a 1, garantindo a segunda colocação do grupo.

Defesa de M'Bolhi nas oitavas

Defesa de M’Bolhi nas oitavas

Nas oitavas de final, a equipe enfrentou a poderosa Alemanha. Com um futebol defensivo, e defesas magníficas do goleiro Rais M’Bolhi, a equipe segurou o 0 a 0 até a prorrogação. Já “sem perna”, a equipe levou dois gols, e diminuiu, terminando com sua eliminação para a campeã do mundo, na prorrogação por 2 a 1!

Técnico Dunga apreensivo ao ler esta matéria

Técnico Dunga apreensivo ao ler esta matéria

Mas a matéria não é sobre este tema. Nos últimos dias vêm sendo comentado as opções de convocações argelinas para a seleção, principalmente no meio-campo. Seriam estas, em quantidade, maiores que as opções brasileiras? Estas opções, em tese, não necessitam ser melhores que as brasileiras, já que não podemos comparar o tamanho destas seleções, mas, teria Christian Gorcuff (técnico francês da Argélia) mais opções para sua seleção que o nosso Dunga?

Afinal, quem são estes inúmeros nomes que podem ter sua convocação feita?

Seus destaques são Yacine Brahimi, atualmente jogando no Porto, equipe em que foi parar após se destacar na última Copa do Mundo, Mahrez (Leicester City), o vice-artilheiro da Premier League esta temporada, com 13 gols, e destaque da equipe (que vem na surpreendente primeira posição). Nem tanto em seu auge, vemos também Feghouli, do Valencia, veloz e habilidoso, o meia e ponta é sempre uma das principais armas de sua seleção.

Agora, mais detalhadamente, vamos especificar os jogadores candidatos à convocação, por posições:

Volantes:

Yebda atuando pela seleção

Yebda atuando pela seleção

 

Hassan Yebda, é um dos inúmeros franceses de sua seleção. Jogador muito experiente, hoje aos 31 anos, disputou a Copa do Mundo no ano passado, sendo reserva. O atleta tem 1,87 e é destro. Foi revelado pelo Auxerre, e joga no Fujairah, dos EAU. Disputou a Copa enquanto jogava pela Udinese.

 

 

Bentaleb em campo pelos Spurs

Bentaleb em campo pelos Spurs

 

 

Nabil Bentaleb, também francês, tem 21 anos e disputou a Copa do Mundo no ano passado. Foi titular da equipe, mostrando um ótimo futebol durante toda a competição, mostrando ter bom passe e cadenciar o jogo com qualidade. Passou a última temporada na titularidade do Tottenham (time que o revelou), e, já nessa temporada, amarga o fato de nem se apresentar no banco de reservas.

 

Taïder no Southampton

Taïder no Southampton

 

Saphir Taïder, outro francês, tem 23 anos e também foi titular da equipe na Copa do Mundo, mostrando ótima marcação e raça, época que era atleta do Sassuolo. A “quedinha” pela polêmica o desfavoreceu muito em sua carreira, e, atualmente, atua no Bologna, já tendo passado pela Internazionale e Southampton.

 

Lacen na Argélia

Lacen na Argélia

 

 

 

Medhi Lacen, francês, tem 31 anos. Destaca-se em seu futebol, o poder de marcação e a experiência. Joga no Getafe onde é titular inquestionável desde 2011. Foi revelado pelo Laval, da França. Jogou algumas partidas pela última Copa do Mundo, podendo ser considerado “titular”.

 

Guedioura em campo pelo Nottingham

Guedioura em campo pelo Nottingham

 

Adlène Guedioura, francês de 30 anos, é reserva da surpresa e bom time do Watford, já tendo passado ainda por times da Bélgica e da França, tendo seu auge no Nottingham Forest, na temporada 2012/13. Assim como é no time, foi convocado e reserva na última Copa do Mundo.

 

 

Mostefa na seleção

Mostefa na seleção

 

 

 

Mehdi Mostefa é o mais desconhecido e velho da lista. Francês, já com 32 anos, o atleta joga pelo Bastia, da França. Entrou em várias partidas da Copa, sempre mostrando raça e consistência defensiva. Seu auge foi jogando pelo Ajaccio.

 

 

Meias:

Brahimi por sua nova equipe

Brahimi por sua nova equipe

 

Yacine Brahimi, outro francês, é um meia de 25 anos. Foi um dos destaques da forte seleção argelina na última Copa enquanto jogava pelo Granada, e então foi vendido ao Porto, onde também vem sendo um dos destaques. Revelado pelo Rennes, o meia ainda passou pelo Clermont, e agora vive seu auge.

 

 

Feghouli, desde sempre na seleção

Feghouli, desde sempre na seleção

 

 

Sofiane Feghouli, também de 25 anos, é jogador do espanhol Valencia, sendo um dos principais atletas de seu clube e seleção já há algum tempo, sendo atleta mais conhecido do país na última Copa. Foi revelado pelo Grenoble, e, adivinha? Também francês. Já é figura carimbada nas convocações de sua seleção.

 

Boudebouz com a camisa do Bastia

Boudebouz com a camisa do Bastia

 

Outro francês de 25 anos, Ryad Boudebouz tem um estilo de jogo parecido com o de Brahimi. Distribui o jogo com qualidade, é ágil, habilidoso e versátil. Não participou da última Copa, sendo julgado como “injustiça”. Atualmente disputa a Ligue One, pelo Montpellier. Foi revelado pelo Sochaux e era cotado para a Copa do Mundo quando entrava em campo pelo Bastia.

 

Djabou pela Argélia

Djabou pela Argélia

 

 

Finalmente um argelino! Um meia que atua pelo Club Africain, na disputa do campeonato tunisiano: Djabou! 28 anos, disputou a última Copa na reserva da seleção, entrando em alguns jogos e ainda marcando 2 gols. Estilo baixo e rápido, mas com nem tanta qualidade com a bola nos pés.

Abdelkader com a camisa da seleção

Abdelkader com a camisa da seleção

 

 

 

Abdelkader Ghezzal, francês de 31 anos, atualmente está livre no mercado. Sua última equipe foi o Latina e teve seu auge entre 2008 e 2010, quando estava no Siena.

 

 

Rachid pelo Lyon

Rachid pelo Lyon

 

 

Rachid Ghezzal, irmão de Abdelkader, tem 23 anos. O ponta é revelado e ainda joga pelo mesmo clube, o Lyon.

 

 

Mahrez atuando no Leicester

Mahrez atuando no Leicester

 

O atual destaque da equipe é Riyad Mahrez, francês de 24 anos, do também destaque Leicester City. A equipe é a líder da Premier League, tendo Mahrez como parceiro de Vardy, na atual mais eficiente dupla do futebol. O meia/atacante tem habilidade e faro de gol. Foi convocado para a Copa do Mundo no ano passado, e disputou apenas um jogo. Começou sua carreira no Quimper, e foi convocado na Copa quando já estava no Leicester, mas ainda não era destaque.

 

Este é o poderoso meio-campo argelino, ainda tendo destaques em outras posições, como Slimani do Sporting no ataque, Rais M’Bolhi no gol, Ghoulam na lateral-esquerda e Mandi na direita.

Acredito que esta equipe pode dominar os campeonatos africanos, causando certa dor de cabeça a outras seleções numa futura Copa do Mundo. Basta um pouco mais de organização e profissionalismo à federação, e tudo se encaminhará.

Se tem mais opções que o meio brasileiro? Acredito que não. Mas, para a qualidade e história da seleção, atualmente eles estão muito acima do esperado.

Dunga aliviado comemora a conclusão da matéria

Dunga aliviado comemora a conclusão da matéria

About The Author

Torcedor de Santos e Spurs. Apaixonado por Brasileirão e Premier League. Tem o sonho de estudar e trabalhar com o melhor esporte já criado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.