getty

O Inter tem boas lembranças na memória quando encara o Fluminense no Maracanã, mesmo adversário e mesmo palco da partida deste sábado (28) – absolutamente decisiva na briga colorada por uma das vagas ao G4. Em 2008, sob comando de Tite, o time gaúcho trouxe uma bela vitória do Rio de Janeiro embalado pelo faro de gol do artilheiro Nilmar.

E na zaga carioca naquele dia estava Roger Machado, atual técnico gremista e uma das revelações da temporada. Roger, certamente, não tem boas recordações daquela partida. Logo aos 6 min, ele se viu obrigado a apostar corrida com o velocista Nilmar, que, por óbvio, ganhou a disputa e ainda estufou as redes.

Aos 27 minutos, de novo ele. Após belo cruzamento do lateral-esquerdo Marcão, Nilmar se antecipou e empurrou a bola para dentro do gol de Fernando Henrique. O Inter jogava bem e o 2×0 no placar fazia justiça a uma equipe que se mostrava melhor em campo.

No segundo tempo, o Flu chegou a ensaiar uma pressão e conseguiu diminuir o placar aos 25 min. Conca bateu forte na área e a bola se chocou contra o centroavante Somália antes de morrer dentro do gol de Clemer. No entanto, o Inter conseguiu segurar o 2×1 e saiu vitorioso do Maracanã.

Ficha técnica da partida:

Local: Maracanã, em Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de agosto de 2008 (sábado)
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: José Henrique de Carvalho
Cartões amarelos: Fabinho, Conca e Maurício (Fluminense); Rosinei, Adriano e Taison (Internacional)
Cartão vermelho: Maurício (Fluminense)
Gol: Somália, aos 25min (Fluminense); Nilmar, aos 6 e aos 27min (Internacional)

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Roger Machado (Somália), Luiz Alberto, João Paulo e Junior Cesar; Fabinho (Allan), Felipe (Maicon), Conca, Romeu e Maurício; Dodô.
Técnico: Renato Gaúcho.

INTERNACIONAL: Clemer; Índio, Marcão e Sorondo; Guiñazu (Magrão), Edinho, Wellington Monteiro e Rosinei (Adriano); Nilmar e Taison (Ramon).
Técnico: Tite.

Gols:

About The Author

Leave a Reply

Your email address will not be published.