Salve tricolores paulistas!

Início de Brasileirão mais que importante pro São Paulo. Vencemos e vencemos bem, mesmo com um time misto! A força do Morumbi voltou neste ano, somado isso ao bom elenco que temos, pontuar em casa será sempre necessário se quisermos o hepta.

O jogo em si foi movimentado. Um resumo: Ceni está em alto nível; A zaga mesmo reserva parece ter acertado os eixos; as laterais são nosso ponto fraco; Carlinhos não foi nem relacionado, que fase; Ganso, Pato e LF9 juntos são perigosíssimos! Do resto foi um domínio tricolor pra cima dos urubus.

O que não se pode negar é que as atenções estão lá nas belas Minas Gerais. Sim, nenhum São Paulino assistiu o jogo de ontem sem pensar na quarta-feira. O Cruzeiro poupou todos seus titulares e está mais que focado em tirar o São Paulo da Libertadores, por outro lado temos um elenco fechado com Milton Cruz, e por incrível que pareça, quase sem desfalques.

Milton Cruz (que merece palmas por vencer os últimos confrontos dos maiores técnicos do Brasil) tem uma bela dor de cabeça pra quarta-feira. Como escalar esse São Paulo completo com o ataque voando baixo? Michel Bastos voltou, LF9 também está a disposição, na “meiuca” Hudson, Wesley, Souza, Denílson e Rodrigo Caio estão em alta. E agora?

Acredito que Milton não arriscará mexer onde está ganhando, vai compor o time com o meio que vem iniciando, é de sabedoria de todos que não gosto de Denílson tanto assim, prefiro Rodrigo Caio, mas vou arriscar o Time da Fé que enfrentará o Cruzeiro.

Rogério Ceni, Bruno, Tolói, Dória, Reinaldo, Denílson, Souza, Wesley, Michel Bastos, Ganso e Pato!

Palpiteiro que sou dou pelo menos mais duas opções interessantes para escalar o SPFC contra as marias:

RC01, Bruno, Tolói, Dória, Reinaldo, Rodrigo Caio(Denílson), Souza, Michel Bastos (volante lado esquerdo), Ganso, Pato e LF9 – O time ganharia com a entrada de Bastos na volância em criatividade e marcação, mas o melhor de tudo é que teríamos o trio ofensivo muito municiado pela dupla de segundos volantes, além de que o ataque seria fulminante, lembrando que marcar lá dará grande vantagem ao SPFC.

ou

RC01, Bruno, Tolói, Dória, Reinaldo, Rodrigo Caio(Denílson), Souza, Michel Bastos (Meia), Ganso, Centurion e Pato (LF9)  – Aqui o time voltaria a usar a formação 4-2-3-1, a criatividade dos 3 meias é indiscutível, o Cruzeiro que precisa do resultado teria que obrigatoriamente reforçar a marcação no meio campo pra segurar os 4 da frente do SPFC.

De qualquer maneira, acredito e com muita fé que vamos ganhar o jogo do Cruzeiro, a alma está de volta, o peso da camisa voltou com a entrada da Under Armour, voltamos a ser temidos, isso basta!

Que venha quarta-feira, e que venha Boca ou River!

Abraços e até quinta!

#tamojunto

qqd

About The Author