Ah, lá vamos2015051072786 nós de novo… Início de Campeonato Brasileiro,  mais um ano chegando a metade e as esperanças dos  torcedores de 20 times estão completamente intactas de que  esse ano será melhor do  que o anterior… É, melhor sonharem  amigos.

E o Flamengo se encaixa nesse contexto. Observem que, na  tarde desse domingo de estreia de Brasileirão 2015, o Rubro-  negro carioca tinha quase que faca e queijo na mão para  começar o campeonato com o pé direito.

Alguns falarão: Ah, mas o jogo foi fora de casa contra time grande. Sim, mas o mesmo time grande está no meio da competição mais importante do continente, e começou jogando com o time misto e quase sem entrosamento.

E o Flamengo, claro, desperdiçou uma excelente oportunidade de começar o campeonato com uma vitória. Coisa que não acontece a tanto tempo, que nem me lembro qual foi a última vez que tal fato aconteceu.

Depois de um primeiro tempo chato e sem muitas oportunidades para ambos os times, o São Paulo voltou para a segunda etapa com o jogador que mudou completamente a cara do jogo: Ganso.

Tudo bem que pouco fez nos primeiros 15, 20 minutos de jogo, mas já era claro que o meio-campo já pertencia ao time paulista, e o Flamengo, utilizando sua principal característica, se aproveitava das jogadas de contra-ataque com Éverton e Marcelo Cirino.

Ambos os times tiveram possibilidades claras de abrir o placar. Pelo lado Rubro-Negro, Gabriel concluiu um cruzamento perfeito de Éverton, para uma defesa espetacular de Rogério Ceni. E pelo lado paulista, Luiz Fabiano chutou para defesa de Paulo Vítor, depois de ótimo passe de Ganso.

E foi ele mesmo, Luiz Fabiano, quem não demorou muito para abir o placar, depois de boa jogada na frente da área do Flamengo.E parece que depois disso o Rubro-Negro de perdeu no jogo, e não tardou para levar o segundo.

O time nervoso e mal organizado em campo, só conseguiu achar um pênalti, cobrado bem por Éverton, mas já não havia tempo para quase mais nada.

E assim o Flamengo decepcionou mais uma vez seus torcedores que compareceram em bom número ao Morumbi, debaixo de forte chuva.

Mas não seremos pessimistas, afinal temos 37 jogos pela frente, um time competitivo, um técnico experiente, e principalmente, muita esperança que esse ano será completamente diferente.

 

Saudações Rubro-Negras a todos.


 

Blog do Mengão

About The Author