O campeonato brasileiro voltou! Que maravilha, que alegria, um grande clássico entre Grêmio e Ponte Preta em plena 11 horas da manhã, e claro, em um domingo de dias das mães (aliás, feliz dia da mães para todas as mães do pessoal do QQD e dos leitores). Isso tudo foi uma grande trama da CBF, que vai colocar um jogo às 11 horas toda rodada, assim, acabando com o famoso jogo da quarta feira às 22, quer dizer, a cerveja e o futebol do meio da semana acabou. Por falar em CBF, foi ridículo o que ela fez ontem no jogo do Palmeiras, mandando o time a tampar o Allianz do nome do estádio, e atitude certa da torcida retirando os tampões.

image

Grêmio e Ponte Preta, 11 horas da manhã, domingo de dias das mães, o que você espera de um jogo nessas circunstâncias? É, eu também não espero nada, nem público, e olha que deu 15 mil, foi um bom número. O primeiro tempo da partida foi corrido, o Grêmio mostrou-se impaciente e displicente no começo da partida, mas depois o time conseguiu focar. No começo da partida, Pedro Geromel fez gol de cabeça, mas assistente Nadine levantou a bandeira e foi anulado corretamente. Depois disso o Grêmio cresceu, criou algumas chances, teve posse da bola, soube trocar passes e por volta dos 30 minutos, após cobrança de falta de Luan, Yuri Mamute fez o primeiro gol do Grêmio no Campeonato Brasileiro. “vou da muito tapa ainda na #NovaArena do Grêmio”, um tweet de Yuri Mamute, e foi isso a primeira etapa.

image

Já na segunda o Grêmio começou com mais ímpeto, foi para cima e em jogada linda de Luan, Yuri Mamute saiu na frente do gol, cortou o goleiro e fez o gol. O problema foi que logo após o gol o time acovardou, e assim a Ponte Preta foi para cima, o primeiro gol deles foi um chutaço de Renato Cajá, já o segundo, poucos minutos depois, foi falha de Geromel. Enfim, a Ponte empatou em poucos minutos, o time voltou e foi pra cima, Douglas, que entrou no lugar do MORTO Giuliano, deu passe pra Matías Rodríguez, que entrou no lugar de Galhardo, e fez o 3 a 2. O Grêmio de novo recuou, não jogou para frente e no último lance da partida a Ponte Preta empatou.

Bom, o resumo da partida é esse. O Grêmio pagou pelo de se recuar, jogando em casa, após ter a vantagem no placar. Foi terrível.
Giuliano, meu garoto, apareça mais pro jogo, deixa de ser um morto em campo, você ficou nulo o jogo inteiro, só te vi rezando no começo do jogo e sendo substituído pelo Douglas, de resto eu não te vi na partida. Yuri Mamute é,  mil vezes, superior à Braian Rodríguez.

Walace e Maicon hoje foram bem, jogaram taticamente certos e desarmando sempre. Marcelo Oliveira hoje não foi o mesmo, não apoiou muito o ataque, ficou mais contido, já Galhardo se lançava ao ataque em todos os lances, mas peca demais no quesito marcação, ele abre espaço pro atacante correr pra cima dele, ao invés de encurtar. Os zagueiros foram bem, tirando a falha no segundo gol de Geromel. Marcelo Grohe sempre seguro.

image

É isso, um empate frustrante da Arena, o ponto alto acaba ficando pelos tapas de Yuri Mamute, dois de muitos gols que esse garoto vai fazer pelo Grêmio.

About The Author

Mineiro, 18 anos. Graduando em Jornalismo. Gremista e Spur. No site ao lado me encontro pela alcunha de @mathesudao.