Hoje, o Chelsea confirmou a conquista do seu quinto campeonato nacional, – terceiro sob o comando de José Mourinho -, e confirmou sua supremacia sobre os demais adversários na forte Premier League, a equipe iniciou o campeonato de maneira avassaladora e com pouquíssimos momentos instáveis manteve-se no topo durante toda a competição, muitas figuras podem ser destacadas na conquista do Chelsea, como o treinador José Mourinho, a sensacional dupla de goleiros composta por Courtois e Cech, os gols de Diego Costa, as assistências de Fábregas, e também a excelente temporada de Hazard, o belga foi o principal atleta do time londrino, e no fim de temporada, – principalmente -, com as lesões sofridas por seus companheiros manteve o Chelsea na ponta, rumo à taça.

Revelado no Lille, o meia despontou no cenário mundial levando a equipe ao título francês, diversos clubes se interessaram pelo mesmo, mas seu destino foi mesmo Londres, nos blues há três temporadas o meia já havia demonstrado habilidade singular, venceu alguns títulos, mas faltava algo muito grande para coroar seu trabalho, e isso veio hoje com a conquista da Premier League, considerado o campeonato nacional mais forte do mundo, o Chelsea não tomou conhecimento e se manteve bem à frente dos adversários, rivais tradicionais como Manchester United, Liverpool e Arsenal não chegaram perto da equipe que alcançou o título com três rodadas de antecedência.

Hazard comandou o Chelsea nesta temporada

Hazard comandou o Chelsea nesta temporada

O meia brilhou no jogo decisivo contra o Crystal Palace, em jogo complicado a equipe mandante só foi marcar seu único tento ao fim da primeira etapa, pênalti para o Chelsea, Hazard na marca da cal para a cobrança, o meia bateu no canto esquerdo, – não muito bem -, e o goleiro defendeu, mas no rebote lá estava o meia para garantir a vitória azul em um Stamford Bridge lotado para assistir a conquista, foi o gol de número quatorze do meia na competição, vice-artilheiro da equipe, atrás apenas de Diego Costa com dezenove. Ao fim da partida, Hazard foi eleito o melhor jogador da competição, prêmio esse que há duas temporadas não parava nas mãos de um atleta campeão, Bale e Suárez ficaram com os dois últimos prêmios.

Tudo azul para Éden Hazard na Premier League, campeão e melhor jogador, brilhou com gols, assistências e seus conhecidos dribles, – é um dos jogadores com mais dribles certos na Europa -, agora o objetivo é a conquista européia na próxima temporada, se a equipe foi disparada a melhor dentro da Inglaterra, na Champions a decepção foi enorme, eliminada em casa pelo PSG, a equipe decepcionou logo nas oitavas-de-final da competição, jogando com um a mais e favorito, o Chelsea não conseguiu bater os franceses e viu seu sonho do segundo título da Champions morrer cedo, Hazard que já foi importante na conquista de uma Liga Europa há duas temporadas precisará mostrar o mesmo desempenho agora na UEFA Champions League, além disso o meia se preparará fortemente para a disputa do Euro-2016 pela seleção belga.

A Inglaterra é dele, agora o objetivo é a Europa

Essa temporada foi fundamental para Hazard, mais maduro após duas temporadas pelo Chelsea e uma Copa do Mundo disputada pela seleção belga, o meia conseguiu assumir o protagonismo que sempre esperaram dele e liderou um forte Chelsea, pautado sempre no forte sistema marcador de Mourinho, pragmático, – para alguns até chato -, mas com jogadores capazes de definir o jogo em poucas jogadas, e Hazard define bem isso, no jogo morno que Mourinho tenta fazer, Hazard é a peça para esquentar o jogo, com dribles e tabelas é o fator de desequilíbrio.

Se o sonho de Hazard é um dia ser melhor do mundo, alcançar Messi e Cristiano, o meia ainda precisa correr muito e alcançar muitos feitos, mas um passo importantíssimo já foi dado com a conquista da Premier League, seu nome já está escrito na história do Chelsea, o objetivo agora é escreve-lo na Champions e na história das bolas de ouro, se isso será possível só se descobrirá no futuro, mas uma coisa é certa e a torcida do Chelsea já sabe bem, na Terra da Rainha quem tem Hazard é Rei.

About The Author

Amante do esporte, presente em uma das tantas curvas da highway. Mineiro, acima de tudo Cruzeiro. Fã de futebol rápido, não necessariamente rasteiro. Acredita na Copa do Mundo como momento máximo do esporte.