Hoje é dia primeiro de abril, o famoso dia da mentira! Para celebrar tal dia (se é que se celebra) com o Jogadores Esquecidos, nada mais justo que relembrar três promessas que nunca viraram realidade.

A primeira é o jovem e clássico “Valdivia Cruzeirense”, que mais se lesionou do que jogou bola infelizmente. Falamos dele, do famoso jogador que protagonizou uma briga de animais em 2007, no dia em que o Coelho brigou com a Foquinha. Falamos de Kerlon.

(Foto: Divulgação)

Kerlon despontou no Cruzeiro no inicio da segunda metade da década passada, tinha um drible magnífico no qual ficou apelido como “a foquinha” pela semelhança com o que faz uma foca com a bola (levantar a bola e equilibrar na cabeça). Foi pra Inter de Milão, Chievo, Ajax, Paraná, Nacional-MG, jogou também em Barbados… mas em nenhum desses clubes pode render, as sucessivas lesões o acompanharam pela carreira. Hoje aos 27 anos se transferiu para a quarta principal liga dos EUA e atuará pelo Miami Dade FC.

O segundo jogador que iremos recordar nesse dia será um projeto mal sucedido de craque, que atuou por clubes como Fluminense, Palmeiras, Braga e Figueirense. Havia a esperança de tal jogador brilhar e ser uma realidade. Porém, assim como Kerlon, as lesões o acompanharam na carreira e o atrapalharam.

(Foto: Divulgação)

Estou falando de Lenny, que estreou no profissional em 2005, mas começou a ganhar atenção em 2006, ainda pelo Fluminense, marcando 5 gols na Copa do Brasil do mesmo ano. Apesar do sucesso inicial, Lenny só marcou mais um gol pelo tricolor carioca. Entrou em decadência junto com o elenco, que quase acabou rebaixado. Em 2007, foi emprestado ao Braga, decepcionou e só cumpriu uma partida oficial pelo clube português.

Em 2008, transferiu-se para o Palmeiras. Teve boas atuações, marcou alguns gols, que inclusive foram importantes para o Verdão, mas as lesões voltaram. Ficou afastado do gramado por um longo período. Em 2010, teve nova oportunidade no clube, mas se lesionou.

Transferido em 2011 para o Figueirense, só jogou 8 minutos pelo clube, numa partida de estreia do Brasileiro contra o Cruzeiro. Em 2012, jogou pelo Boavista. Novamente, não conseguiu se destacar. Em 2013, o atacante foi para o Japão, mas se lesionou dois dias antes da estreia pelo Ventoret Kofu. No ano de 2014, jogou uma partida pelo Atlético Sorocaba, mas rescindiu o contrato. Agora, em 2015, Lenny voltou a fazer parte do Boavista. Atuou em duas partidas, mas o clube anunciou a rescisão do contrato ontem (31/03).

Para encerrar, trago a história de um ex-corintiano que foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, do Paulistão e da Copa do Brasil em 2009. Ele também conquistou a Série B em 2011, pela Lusa. Hoje, Rafael Aparecido da Silva atua pelo Marília.

Boquita – Será que vira realidade?

Falo de Boquita, um jogador que teve até grandes atuações pelo Timão. Foi emprestado ao Bahia e depois para a Lusa, por não ser muito aproveitado pelo Tite.  Em 2011, pela famosa “Barcelusa”, ele ajudou o time a se sagrar campeão da série B. Entretanto, há uma curiosidade e uma infelicidade que atrapalharam a carreira de Boquita depois.

O fato é que Boquita atuava pela Lusa com dores. Ele mesmo se diagnosticava com dores no púbis, e foi tratando assim. Retornou ao Corinthians em 2012, fez dois treinamentos e voltou a sentir dores. Disse que era “pubalgia”, mas depois de um tempo percebeu que poderia se tratar de outra coisa. Então, aceitou fazer novos exames e recebeu o diagnóstico de hérnia. Fez a cirurgia, ficou seis meses sem jogar e seu vínculo com o Corinthians se encerrou. Foi para o Atibaia, mas não atuou muito por lá. Foi contratado pelo Atlético Sorocaba em 2014, e mais recentemente pelo Marília. O time está na lanterna do grupo 3 do estadual, e possivelmente será rebaixado para a série A2 do Paulista.

Boquita, Kerlon e Lenny foram jogadores que possivelmente teriam um futuro melhor, caso as lesões não os atrapalhassem. Resta torcer para que os jogadores recuperem o bom futebol e tenham sucesso na carreira, pois ainda são novos e possuem tempo para se reerguerem.

About The Author